Capítulo

Publicidade

Anjos de quatro patas

Sempre gostei de cachorros, fui criada a não maltratar nenhum animal, mas não gosto porque fui criada a não maltratar, gosto porque os animais são melhores que seres humanos. Mais meu amor mesmo é pelos cachorros, minha mãe sempre dizia que eles são fiéis aos donos, pude comprovar isso várias vezes.

Meus pais viviam brigando comigo quando mais nova porque eu sempre chegava em casa depois da escola com um cachorrinho novo, eles claro não botavam pra rua porque os mesmo não gostavam de quem fazia isso, mas sempre brigavam, porque já tínhamos muitos cachorros é claro muita despesa. Então desde nova aprendi a ter responsabilidade, afinal eu que trazia esses cachorros pra casa, minha mãe fazia questão de me ensinar como cuidar deles para que eu mesma fizesse isso sozinha. Na época eu tinha 4 anos. Imagina uma criança de 4 anos cuidando de vários cachorros, não  cuidava deles por obrigação, cuidava porque eu amava todos eles, ainda amo.

Uma vez minha avó me contou uma história que antes pensava que era só história mesmo, mais anos mais tarde descobri que era pura verdade. A história é a seguinte:
  —Sua mãe tinha uma vira lata branca com umas manchas pretas é um sinal bem no meio da testa, ela era de porte médio. Chamávamos ela de boneca, porque ela era uma boneca, a mãe dela era da rua, teve filhotes aqui no quintal de casa em meio a uma chuva muito forte, eu é sua mãe pegamos os filhotes e damos a algumas pessoas conhecidas e ficamos com a Boneca, sua mãe já tinha sua irmã é elas ficaram completamente apaixonadas por ela. Quando você nasceu a Boneca ficava ao lado de seu berço tomando conta de você, ela era sua protetora. Quando você começou a crescer Boneca estava lá juntinho com você,  

Quando minha vó contou a história pela primeira vez lágrimas rolavam pelo meu rosto, é agora reescrevendo ela mais lágrimas banham minha face. Me lembro de cada detalhe de toda a história. Boneca e Muzinha minhas duas cadelas que mais amei em toda minha vida.

Hoje sou uma pessoa realizada com um sonho prestes a ser realizado, meu primeiro abrigo a animais abandonados. não vejo a hora de levar todos esses anjos para um lugar seguro.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.