Não há amor, apenas dor (contos da realidade que o mundo esconde)

Conto

Livro ler capítulo

Estatísticas:


16

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


Não há amor, apenas dor (contos da realidade que o mundo esconde)
O primeiro amor

     Poucas coisas podem ser comparadas ao primeiro amor. Quantas descobertas! Quantos sentimentos você pode sentir e nem sabia! O mundo é tão diferente, somos tão completos. Amar é doce quando amamos pela primeira vez.

     Vanessa e Bruno tinham 14 anos quando começaram a namorar. O primeiro namorado dela. A primeira namorada dele. Conheceram-se na escola e, embora sentassem perto um do outro, demoraram para começar a se falar – até que uma aula vaga foi ocupada pela primeira conversa que tiveram. Assim, sem mais nem menos, como as boas histórias costumam iniciar.

     Não é possível adivinhar como e quando uma coisa dessas acontecerá, mas acontece para todos: de repente, aquela pessoa que você observa de longe e para quem dá pouca importância acaba se tornando especial. Enquanto conversavam sobre tudo e nada, a autoestima baixa de Vanessa pensava: "Por que ele está conversando comigo?".

     Vanessa refletia, com os olhos pregados nos lábios tagarelas do garoto, sobre como sempre o julgara mal. Ele parecia tão arrogante no meio dos amigos, rindo alto e conversando sobre futebol. Entretanto, era simpático educado e divertido.

     Ele estava nervoso. Os olhos castanhos dela eram quentes e convidativos. "Mas por que ela repararia em mim? Por que logo agora, depois de tanto tempo?", Bruno pensava enquanto analisava a respiração, cada pausa na fala e em como os cantos da boca dela se retorciam conforme sorria.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.