De volta à infância

Conto

Livro ler capítulo

Estatísticas:


49

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


De volta à infância
De volta à infância

Em uma varanda qualquer de uma cidade de interior, uma senhora com idade já avançada descansa em sua cadeira de balanço, em seu ir e vir em que apenas o ranger das molas quebra o infinito silêncio. Naquela rua de terra, agora são poucas as crianças que de vez em quando ainda saem timidamente para brincar.

          Quando seus cabelos ainda não eram brancos e seus ossos não eram frágeis, quando suas rugas ainda não marcavam sua pele e sua voz era aguda ao invés de rouca, meninos e meninas com suas bolas, peões e cordas enxiam aquela rua de alegria. Não havia uma única criança que se juntava à turma. “Saudades daquela época”, pensa a senhorinha, que com seus quase noventa anos, com muito esforço mal consegue dar alguns poucos passos.

         Ao fim da rua, a senhora avista um menino se aproximar. Vestido como os de sua época, de bermuda e uma camisa de um tecido bem fininho, suspensórios e cabelos partidos de lado. Saltitando animado, o garoto chega a ela abrindo um largo sorriso:

         - Vamos brincar! – grita em alegria.

         A senhora retribui o sorriso, que se forma em sua face murcha de uma forma bem mais amargurada do que ela gostaria.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.