Contos da Meia-Noite

Conto

Livro ler capítulo

Estatísticas:


1

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


Contos da Meia-Noite
O Fim e o começo

No dia seguinte decidi ir à boate. Não tinha notícias de Fred, então saí do apartamento deixando apenas um bilhete para caso Joseph aparecesse. Peguei o transporte público e segui com o pensamento de poder abraçar Fred novamente. Desci na parada e tive que caminhar um pouco mais. Assim que cheguei, estranhei o fato das meninas terem falado que Fred não tinha aparecido por lá. Mesmo sabendo que ele não estava, entrei. Fui direto para seu escritório, talvez elas não viram quando ele chegou. Bati na porta, mas ninguém respondeu. Ele nunca autorizava nenhuma de nós a entrar sem responder. Bati novamente, porém ainda continuava em silêncio. Talvez ele realmente não tinha chegado ainda.

Mas insisti devido aos acontecimentos e abri a porta. Fui entrando lentamente e quando o vi no chão ensanguentado, gritei pelo seu nome e corri para tentar fazer algo.

Ele estava inconsciente, sujo de sangue e ferido. Não sabia ao certo o que tinha acontecido, mas era grave. Uma das meninas surgiu na porta e ficou chocada com a cena. Pedi para ela buscar socorro e fiquei tentando fazer alguma coisa.

Quando o pessoal do socorro chegou, quis saber se estava tudo bem.

— Não temos certeza, mas faremos o possível.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.