O Menino e o Palhaço

Terror

Livro ler capítulo

Estatísticas:


2

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


O Menino e o Palhaço
Capítulo 1

Existem, em todo mundo, centenas de crianças e adolescentes que, abandonadas pelos pais – ou que estes faleceram -, acabam por residirem em orfanatos. Muitas destas crianças, devido ao trauma vivido pelo abrupto rompimento do laço fraternal, acabam por ficarem solitárias no mundo. E essas crianças e adolescentes chegam a sofrer perseguições dentro dos educandários ou dos orfanatos, por serem isoladas dos demais.

Neste texto será contada a história de Leonardo Abraão Fitzgerald ou simplesmente Leo. O garoto de cabelos castanhos e lisos estilo “capacete” tem onze anos de idade e desde os nove reside no Orfanato Santa Clara, quando perdeu os pais em um violento acidente de carro, em que o próprio garoto só dele escapou por pura sorte do destino. Desde então, passou a residir no Santa Clara, um orfanato administrado pelas irmãs freiras, onde se tornou um garoto recluso, solitário no mundo. Os garotos do orfanato – e até mesmo do colégio -, ao invés de pesarem por conta de seu sofrimento, passaram a incomodá-lo, empurrando-o,  fazendo com ele brincadeiras maldosas e até mesmo o machucando. E um dos garotos que mais incomodava Leo era Otto – um robusto garoto baixinho, de cabelos loiros e estilo alemão, que era da mesma sala de Leo. Possuía doze anos de idade, poi

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.