Capítulo

Publicidade

Capitulo dedicado à: Dedico tudo o que escrevo a minha família e principalmente a minha esposa que foi a maior incentivadora desse trabalho.


PROCURA-SE UM OTÁRIO

 

Fudido, no meio daquele labirinto embolorado, quase despenco da escada. Estou exatamente no meio do caminho. O chão do arquivo municipal está bem longe de mim, a superfície de um planeta que deixei para trás. Já o topo do fétido armário de arquivos está bem próximo, e é escuro por lá, escuro como o olhar de um viciado quando vê uma adolescente de saia entrando em um beco. O ar aqui para cima podia ser mais leve. Julgo que estou vendo um morcego, ou um demônio, sei lá.

Estou me segurando pelo bem da minha patética vida, com uma das mãos na escada e a outra na beira da prateleira, os dedos brancos com a pressão. Meus olhos riscam uma linha acima dos nós desses então albinos dedos, para procurar entres as pastas mofadas e lá eu vejo a porra do arquivo que está quase me matando. Contudo, deixe-me voltar um pouco.

Eu me chamo Richard Richards, o Rick. Nem sempre eu precisei entrar escondido em arquivos a noite. Me lembro bem da época que ficava sentado na minha escrivaninha estudando os mais bizarros casos de homicídios do 31° distrito. Mas isso foi antes, foi antes daquelas coxas quentes na minha cara e daquela sangue morno no meu carpete.

A bendita noite que me arrancou da minha sala iluminada, e me arremessou nesse buraco onde nem o diabo defecaria. Esse buraco que eu divido entre minha moradia, meu escritório de investigação particular e o maior asilo para ratazanas caolhas do quarteirão. Em particular hoje eu vi uma de cabelos grisalhos que lembrou minha santa mãezinha.

Tudo realmente começou em uma dessas tardes de setembro, uma daquelas em que o sol fica naquele troca-troca ordinário com a garoa do entardecer. Por questão de segurança aproveitei o movimento fraco e resolvi colocar todo o meu dinheiro em lugar mais seguro, visto que a minha porta não estava fechando direito.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.