Descobrindo o que é Amar

Romance

Livro ler capítulo

Estatísticas:


55

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


Descobrindo o que é Amar
Capítulo 1 - Primeiro Dia --- 1ª PARTE: DESCOBRIR ---

Entre a dúvida de estar acordado ou sonhando, começo a ouvir aquela música de piano que não me é desconhecida. Ah droga! É o despertador tocando! Três meses de férias sem ouvir esse som, mas hoje é o primeiro dia de aula e preciso levantar cedo. Como eu queria mais cinco minutinhos na cama... Acho que é nessa hora que começamos a perceber como o tempo é relativo, nesse pequeno intervalo da opção soneca do celular, até novos sonhos surgem, e os cinco minutos parecem ser meia hora de soninho a mais. Enfim, tenho é de levantar mesmo, porque quero chegar cedo ao colégio.

Novato, putz! Não paro de pensar que estou indo para um colégio novo. Ser novato, que coisa chata. Sempre fui muito tímido, e para piorar vou entrar no ensino médio em uma escola nova. Opa, nem me apresentei né? Chamo-me Daniel, tenho 16 anos e estou entrando no 1º grau do ensino médio. Fisicamente sou um garoto normal, não sou malhado, mas também não sou nem magrelo, nem gordo; cabelo preto, olhos verdes... Acho que é o que eu mais gosto em mim, meus olhos verdes. Sou branquinho – na realidade até de mais – preciso ir a praia pegar um bronze, marquinha de sunga sempre é legal.

Ah, sim! Aviso logo que minha cabeça é um turbilhão de pensamentos. Enquanto estou fazendo as atividades normais, vou me perdendo em ideias e auto-conversas. Agora mesmo, enquanto falava com vocês, já coloquei até o uniforme novo.

Já com a farda no corpo e me olhando no espelho que começo a sentir que as aulas estão voltando. Não vou dizer que não gostava das férias, mas já estava meio entediado de ficar em casa, além disso, quero esquecer meu passado de timidez e fazer novas amizades. Também tem o fato de minha mãe estar me cobrando uma namorada. Já tive umas paixõezinhas, mas ainda não achei alguém que me deixe mais balançado. Hahaha olha só sobre o que eu to falando: paixão! Acho que estou assistindo comédias românticas de mais. Na realidade, não sei muito bem o que falar sobre amor, é que às vezes paro para pensar nele e fico muito confuso. No meu antigo colégio uma vez fiquei analisando um casal: uma menina loira, cabelos longos, toda patricinha, e o namorado dela, um guri que jogava futebol, todo malhadinho. Eles passavam os intervalos juntos, s

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.