Suspense-Mistério
23
0

Capítulo

Publicidade

Capítulo DEZOITO

Quando começou a anoitecer, Elise pensara em alguém que pudera conhecer tão bem o irmão do marido. Decidiu ir à casa de Jeff Kinney. Pegou as chaves e foi até a garagem. Abriu o carro, colocou as chaves ligando-o e começou a dirigir. De início, ela não se lembrava de onde ele morava, mas conseguiu lembrar um pouco, certa vez ele falara o endereço na época da faculdade e por isso ela duvidou se ele morava no mesmo lugar.

       Ela rodou várias ruas olhando as placas e o mesmo quarteirão duas vezes. Nesse tempo, começou a chover e por fim, ela deu a meia volta e foi à Avenida Kinsgley Nº 4. Parou o carro em frente a uma casa azul-bebê, contudo à noite parecia branca. "Espero que não seja tarde demais", ela pensou e bateu na porta. Nada. Bateu uma segunda vez.

       Uma luz amarelada fora acesa, ela vira o reflexo por baixo da porta. Alguém estava abrindo a porta, percebera evidentemente pelo barulho de um molho de chaves. Uma senhora idosa de cabelos brancos como marfim abriu a porta e Elise se surpreendera.

— Oi... – Ai meu Deus, acho que errei de casa, disse para si mesma – Jeff Kinney mora aqui?

— Sim, senhorita.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.