Silhuetas na Penumbra - Contos

Conto

Livro ler capítulo

Estatísticas:


3

Fotos


Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


Silhuetas na Penumbra - Contos
Sacrifício ao Fogo

 

Os castiçais haviam sido apagados. O cheiro de parafina e a fumaça tênue e sinuosa preenchiam o ar. Em círculos, as pessoas cobertas por capuzes vermelhos olhavam os dois jovens ajoelhados ao centro. Ao fundo, mulheres entoavam um cântico, frases repetidas de um mantra sincronizado. A tigela de prata queimada, posta entre os dois jovens, continham cinzas e pequenos ossos quebrados. Uma das pessoas caminhou até o centro, levantando com as duas mãos espalmadas para cima e sobre a cabeça uma adaga cravejada com pedras vermelhas, após sussurrar em um idioma há muito esquecido pelos povos contemporâneos ele entregou a adaga a um dos jovens. O rapaz apanhou o instrumento e cortou a palma da sua mão, o outro por sua vez apanhou a adaga e repetiu o feito, simultaneamente gotejaram o liquido rubro e vital na tigela. O sangue chiou ao tocar nas cinzas e não demorou a surgir u

...
...
...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.