Capítulo

Publicidade

Prólogo

Alicia só tinha visto uma revolver em filmes, e eles eram decididamente bem mais assustadores quando apontados para sua cabeça.Estremeceu quando sentiu o cano metálico e frio ser colocado rente a sua têmpora.

Aquilo podia ser um pesadelo e seria ótimo se fosse, só que nem mesmo sua imaginação mais fértil conseguiria criar uma situação tão pavorosa.

Aquele rapaz que cheirava a tabaco e álcool, mantinha seu pescoço imobilizado com seu braço,numa gravata que estava quase a sufocando.

–Deixe-a ir. –Erick rosnou entre os dentes. –Isso é um problema meu e seu.

Estranhamente o rapaz pareceu ter ouvido o apelo de Erick, aos poucos foi afrouxando seu braço e afastando o revolver da cabeça de Alicia.Empurrou-a então fazendo com que ela caísse.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.