O Que Resta de Mim

New Adult

Livro ler capítulo

Estatísticas:


118

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


O Que Resta de Mim
Prólogo

Estou em meu quarto observando meu piano há alguns minutos. Já faz alguns meses que meus dedos não tocam mais as suas teclas suaves. Ele foi um presente do meu pai quando eu tinha apenas cinco anos de idade. Não que eu tenha crescido muito depois disso, mas agora tenho nove anos.

Meus pais sempre foram apaixonados por orquestras e músicas clássicas. Já fui a muitos eventos com eles — alguns eu me lembro e outros não. Mas, em um desses eventos, me recordo de ter pedido ao meu pai um piano. Logo depois ele me inscreveu em uma aula e, aos cinco anos de idade, ganhei meu piano.

Desde que aprendi a tocar, após o jantar papai e mamãe se sentavam na nossa sala para me ouvir. Hoje eu já não toco mais, não sinto vontade. Agora mamãe está sempre ocupada e papai já não pede mais para que eu toque para ele.

Desvio os olhos do instrumento e começo a observar meu quarto. Ele tem paredes brancas e estantes com livros, porque eu já não sou um bebê. Então pedi para a minha mãe tirar o rosa das paredes e doar as Barbies, que antes ocupavam as estantes. Odeio ficar nesse quarto e nessa casa, mas não importa para onde  vou, ele sempre irá me encontrar. Ele sempre diz isso e é verdade.

Quando minha mãe me acordou para ir à escola, disse que não ficaria em casa comigo, pois iria para o seu escritório. Ela tem passado muito tempo no trabalho, eu não sei o que está acontecendo (ela diz que não tenho idade para saber das coisas), mas acho que está com problemas com papai. Nesses últimos meses, eles passaram a discutir quando achavam que eu não estava por perto, mas eu ficava sempre à espreita ouvindo a briga deles. Às vezes, o monstro tomava conta do meu pai e ele tentava machucar minha mãe.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.