Capítulo

Publicidade

CAPÍTULO XV - OFFICE BOY!

                                         Já dizia minha avó: costume de casa vai à rua!

                                    Após fazer rápido estágio em casa, passei para a “residência” propriamente dita. Assim comecei a trabalhar com afinco e desenvolveu o meu mister!

                                    Contribuía de alguma maneira com as despesas de casa, mas, no serviço, como Office boy, sempre procurei cumprir rigidamente o meu papel. Será?!

                                   Assim era como eu gostaria de ter sido!

                                   Numa certa ocasião, trouxe de ônibus, do Braz até o Bairro da Água Branca, dois tarugos de bronze, pesando cada um não menos que quatro quilos. Simplesmente para embolsar o dinheiro que seria para tomar táxi, fornecido pela empresa!

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.