O livro da vida de um homem

Aventura

Livro ler capítulo

Estatísticas:


2

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


O livro da vida de um homem
Outra perspectiva

Não se lembrava muito da infância quando completou a amizzade com Vivaldi e Eduarda, então Eduardo sabia que aos sete anos apaixonara-se por uma menina que se chamava... Não lembrva o nome, mas o seu rosto... Era linda como um sonho de que acordamos com o sol de uma praia numa casa numa cidade litorânea paradisíaca. Mas ele lembra do nome do seu amigo que segurou-o e beijou-o. Ele disse que gostava e ele disse que não, fazia porque era mais forte. Eduardo riu. 'Mas por que os homens tem de ser brutos?'

A menina que implicou com ele pela primeira vez foi quando ele se apaixonou. Era loira e feia, mas gostava dele e tinha nojo dele. Eles brigavam e amavam-se, mas outro menino a conquistou.

Logo ele foi para uma escola particular ee conheceu pessoas mais educadas. Ali as suas amizades eram com patricinhas e playboizinhos, mas ele dizia a verdade de sua origem humilde. Eles consideravam ele um 'pobre gênio', mas não o perseguiam e sempre um novo amigo ou amiga gostava dele.

Quando ele se formou, passou para a faculdade de veterinária pelo ENEM e entrou na universidade. Lá ele formou amigos e amigas e estudou até se formar.

Depois disso, ele trabalhou e construiu a sua vida.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.