Capítulo

Publicidade

Medo de amar

Porque amar é também sentir medo
Medo de se entregar e de se tornar escravo
Escravo de outro ser
Escravo de paixões arrebatadoras
Quando entram em sua pele
E te fazem parar de respirar
Mas ao mesmo tempo
Te dão asas para voar pelo infinito

 

Amando pelo infinito
Sem ter noção que não possuímos asas
Nem se quer suporte
Mas amar sem medo
É algo para poucos corações
Uma dádiva que poucos conseguem
Ame sem medo
Se não der valeu a experiência
Viva sempre no limite
Limite da alma
Limite da paixão!

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.