Silhuetas na Penumbra - Contos

Conto

Livro ler capítulo

Estatísticas:


4

Fotos


Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


Silhuetas na Penumbra - Contos
Legado Proibido

— Olha mamãe, as estrelas estão caindo do céu, um montão.

— São estrelas cadentes, filho. – A mulher recolhia as facas e garfos do escorredor sobre a pia da cozinha iluminada por uma dezena de velas espalhadas pelo cômodo de paredes ásperas e reboco aparente.

— Mãe, eu nunca vi tantas. Posso fazer um pedido?

— Você pode pedir qualquer coisa, mas não fica na janela, está muito tarde.

A criança uniu as mãos como se rezasse, e encostou os pequenos cotovelos sobre a janela de alumínio, pediu em pensamentos para que seu pai não voltasse para casa, não gostava de ver a mamãe chorando.

...
...
...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.