Drama
40
6

Capítulo

Publicidade

CAPITULO QUINZE Pt. 01

Não respondi e não tive coragem de fechar a porta na cara dele, apenas entrei e desabei sentada no sofá com as mãos cobrindo o rosto. Eduardo sentou no chão, na minha frente e tentou me consolar passando suas mãos suaves no meu braço enquanto pedia: "converse comigo, Elena. Confie em mim." Mesmo se eu conseguisse falar alguma coisa... só consegui levantar e me apoiar na mesa da cozinha com a cabeça baixa. Assim que ouvi a voz dele mais uma vez, me virei e o abracei. Caí no choro quando senti uma das suas mãos nas minhas costas e a outra apoiando minha cabeça com seus dedos os acariciando. Ele abraçava apertado, como se soubesse que era disso que eu precisava. O coração dele, assim como o meu, batia apressado, com medo; pude sentí-lo bater em meu ombro direito. Depois de desabafar com lágrimas e me acalmar, ganhei um beijo na cabeça e tive meu rosto

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.