O Utópico das Borboletas

Policial-Crime

Livro ler capítulo

Estatísticas:


21

Ir para outro capítulo:

Publicidade

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


O Utópico das Borboletas
Parte 1 - Marionete: Capítulo I - Boneca de Porcelana

PARTE I: MARIONETE

Capítulo I — Boneca de Porcelana

Ele olhava para o relógio quadrado com bordas de madeira, pendurado na parede branca com uma listra pintada de um tom de verde gasto. Ouvia os ponteiros fazendo aquele barulho exasperado. Sua mãe estava ao seu lado. Olhou para a mulher loira de olhos castanhos profundos, com quase nenhuma ruga, aflita por estar ali. O menino fitava a porta branca de madeira, com uma pequena placa metálica escrito “Dr.Dunney”. O relógio bateu 14h em ponto. A porta do consultório se abriu e de lá saiu uma mulher que aparentava ter uns trinta anos com um adolescente. O garoto estava com um olhar apreensivo, parecia estar com medo de todos a sua volta. Ele e a mulher seguiram o longo corredor branco e vazio com uma fileira de poucas cadeiras pretas grudadas umas nas outras. O lugar onde estavam era um hospital psiquiátrico.

— Mary Juliet Davis — Falou uma mulher de tamanho médio, usando óculos redondos que não destacavam nem um pouco seus olhos negros. Seu cabelo castanho estava preso a um coque. Ela segurava uma ficha e uma caneta. Aquela moça era a secretária do doutor Dunney. Um homem levantou-se junto de uma mulher, que o apertava fortemente, entraram na sala rápido.

O garoto olhou para trás e viu as poucas pessoas sentadas nas cadeiras, todas aparentavam ter problemas. Ele simplesmente não entendia o motivo que o levou até ali. Virou-se para sua mãe e perguntou:

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.