Corações Marcados

Romance

Livro ler capítulo

Estatísticas:


2
0

Ir para outro capítulo:

Capítulo

Tamanho da fonte:

Largura do texto:

Mudar cor do fundo para:

Escuro Claro

Tela cheia:


Corações Marcados
Capítulo 8

Vítor

Nasci e cresci no Jardim Rochdale, na periferia de Osasco, numa rua estreita, que abrigava quase em sua totalidade casas sem reboco. A minha era pequena, sem quintal e cheirava a mofo. Sofríamos com enchentes no verão. O bairro ficava embaixo d’água. Não raras vezes, tínhamos prejuízos com móveis e eletrodomésticos. E depois o lugar virava uma lama só.

Minha mãe instalou-se no bairro, vinda de Carapicuíba, quando se casou com maldito homem que fui obrigado a chamar de pai. Também nascida em família pobre, encantou-se com o moreno alto de olhos azuis que estava sentado à porta da loja onde ela trabalhava e que alegou estar em busca de emprego. Casaram-se um ano depois. Como conta minha mãe, os primeiros anos foram duros. Adenílson realmente parecia estar empenhado em encontrar um emprego, enquanto executava pequenos serviços como pedreiro e eletricista.

Joana nasceu. As coisas começaram a mudar. Meu pai passou a andar com pessoas de índole duvidosa. Chegava sempre com um pacote suspeito em casa. E nada de conseguir emprego com carteira assinada. Eu nasci. Minha mãe descobriu que seu marido era um dos assaltantes que infernizavam a vida de moradores dos bairros vizinhos, além de traficar drogas para outros municípios.

A violência, o medo e o desejo de escapar de uma realidade que, infelizmente, é a de muitas brasileiras foram uma constante na vida de Marlene Vasconcelos. Assim, um de meus maiores motivos de orgulho é ter podido dar à minha mãe a vida com a qual ela sonhou enquanto vivia no inferno.

...
...
...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.