Capítulo

Publicidade

Capitulo dedicado à: Á meu filho Samuel que me faz rir em todos os momentos.


A contadora de Histórias

Eu sou alguém que a vida muito ensinou como disse Cora Coralina, me ensinou a não fugir da luta, mas a ver nas pequenas dificuldades uma oportunidade de dar aquela virada.
Eu escrevo para que os monstros que moram dentro de mim não me engulam, mas que eles possam fazer bem a corações que anseiam por um pouco de fantasia e esperança.
Estou aqui em uma tarde de um domingo qualquer depois de todas as minhas expectativas terem sido superadas de uma forma inesperada, quando perdi o caminho que achei que fosse para mim eu finalmente me deparei com um grande sonho na vida: Escrever.
Uma pessoa me disse assim: Faça o que você sabe fazer, não procure emprego em empresas.
Aí me pus a pensar o que eu sei fazer? E por muito tempo fiquei sem rumo, até perder tudo que eu achava que tinha para só então me encontrar, foi numa manhã fria de inverno que me ac

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.