Rom de Época
33
0

Capítulo

Publicidade

Capítulo I

              Maya... era o que a voz na minha cabeça me dizia. Me sentei atordoada na cama e esfreguei os olhos.

ㅡ Onde está minha pequena guerreira? ㅡ A voz ecoou pela casa. Não na minha cabeça... era a voz do meu pai!

Levantei da cama num pulo com os pés descalços se chocando contra a madeira gélida e velha, corri em sua direção, me embolando na descida dos degraus mas mantendo equilíbrio suficiente para ficar de pé. Estava com tanta saudade dele que meu coração parecia querer explodir de alegria só em saber que iria vê-lo depois de tantos dias.

Pulei em seus braços quando finalmente o alcancei na sala de nossa casa.

ㅡ Olha só, o braço já está bom! ㅡ Ele me levantou e me girou no ar, analisando o braço que eu havia machucado ao saltar de uma árvore de mal jeito.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.