Capítulo

Publicidade

14 - Fogo nos olhos

 

 

 

Hayim segurou na empunhadura da espada de madeira, como Olav lhe havia orientado, embora já soubesse como segurar uma. A briga contra Regan ainda estava fresca em sua cabeça, e ainda desejava socá-lo pelo banho indesejado naquele dia. Sujinho. Ah, como gostaria de arrebentar cada um daqueles dentes, para que nunca mais lhe lançasse aquele risinho sarcástico! Já havia mesmo fantasiado isso em uma noite. O arrebentou e, desta vez, era a boca dele que sangrava; uma boca sem nenhum dente.

Kimian certamente ficaria triste por ver o irmão naquele estado, mas valeria a pena. Já havia notado que ela lhe lançava olhares constantes, porém, nunca se importou. O que importava mesmo era a sua atenção naquele momento. Sabia que o soldado sabia que ele estava divagando, distraído, então procurava manter-se focado na luta e não nas memórias de seus últimos dias: na fúria que o sarcasmo de Regan lhe causava, ou mesmo na lembrança da sensação dos lábios de Kimian colados nos dele. Um momento breve, porém, marcante. Mas precisava manter o foco.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.