Capítulo

Publicidade

09 - Vermelho vivo

 

 

 

No vilarejo, a mais de cem metros de Elyôn, as pessoas cuidavam de seus afazeres nos campos, arando, colhendo ou em casa. E alguns dos guardas vagavam de um lado para o outro com espadas na cintura. Próximo dali, em uma mata, detrás das moitas, olhos tendenciosos espreitavam; olhos pertencentes a faces sujas, de pessoas maltrapilhas, vestindo roupas de pele animal. Um deles, Elásius, lambeu os beiços e gargalhou. Thorven, ao seu lado, cobriu a boca do colega com a mão:

— Shh! — sussurrou. Mas logo também soltou uma gargalhada. Virou o rosto para trás, olhando para os outros ali com ele e fez um gesto com a mão, um gesto de quem chama o outro. Então gritou: — Vali!

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.