Rom Sobrenatural
18
0

Capítulo

Publicidade

Capitulo dedicado à: “Consciência é a parte da psique que se dissolve em álcool”. H.D. Lasswell


UM DIA QUALQUER

Depois de uma noite vazia, com amigos de farra e adolescentes fáceis, Timothy, ou Tim para os íntimos, acorda de ressaca, ao som do despertador, que ficava buzinando como trombetas de guerras em sua cabeça. O despertador tinha a forma da parte superior de um corpo feminino: grandes seios, ombros e braços finos e delicados. O botão esquerdo desligava, o direito ligava e nas costas estava o painel de controle. Tim apertou o esquerdo e o barulho cessou. Empurrou o lençol para o lado, levantou e teve cuidado para não pisar nos pratos sujos e caixas abertas de pizza pelo chão.

Deu graças a Deus por ter seu próprio banheiro especialmente projetado para que ficasse mais tempo possível sem ter contato com o restante da casa. Tomou uma ducha quente, bateu punheta e escovou os dentes, colocou um jeans e uma farda escolar surrada, do jeito que fora ensinado por seus pais e foi para escola. Até ai, nada de novo.

O percurso de bicicleta até a escola era bom para curar a ressaca. Logo na entrada, encontrou Yan e sua turma aporrinhando o Samuel, que como sempre tentava inutilmente reagir. Não muito Diferente de Sam, Tim também era perseguido por Yan, até que um dia, o motivo o próprio Tim desconhece, parou de ter medo, pois toda vez que o atacavam ele atacava de volta e com um sorriso no rosto, não importando o quanto a coisa ficasse feia.

Certo dia e ninguém sabe o porquê, enquanto estavam na sala de aula, jogou um pacote de merda de cachorro que vinha juntando a três dias na cara do seu inimigo mortal, melando todo o seu rosto logo em seguida, e começou a esfregar com as mãos, a merda no rosto do atleta brigão. Foi obrigado a fazer terapia e todos o olhavam como se fosse um lunático, mas ninguém nunca mais o perseguiu desde então. A verdade é que Tim gostava de ser tido como louco. Isso o dava permissão para fazer qualquer coisa. Sentia que era um renegado em uma missão suicida, e que as outras pessoas eram apenas obstáculos a serem vencidos.

Chegou perto de onde estava Sam e a turma de Yan.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.