Fantasia
15
1

Capítulo

Publicidade

Eu faço uma escolha

Abri as portas da sacada do aposento-cedido à mim- ainda enrolada em um robe felpudo, após um banho caprichado. As flores dos jardins de Caer Loyw preenchem o ar com seus perfumes. A noite era de céu sem estrela com a predominação solitária da luz amarela da cheia lua. Aqui as luas são sempre cheias.

Não existem fases da lua: crescente, decrescente, minguante. Meu avô queria que eu esperasse ele ter uma reunião com seus conselheiros sobre mim antes deu retornar ao mundo humano. Não tem como saber qual vai ser a decisão geral, mas eu sei que não importa a resolução tomada por eles. Não posso ficar em Gulnara. Tenho que voltar para casa. Tenho meus pais para considerar. Meu avô sabe disso.Assim que o Ritual Fúnebre de Sib terminar estarei voltado para casa.

Alguém bateu na porta.

Caminhei até a porta e a abri. Dei de cara com uma das criadas do Palácio trazendo um vestido de capuz, simples, branco e de mangas longas e um cinto. A criada era jovem,baixa e rechonchuda e suas asas pareciam as de libélulas. Estava com um vestido semelhante ao que trouxera nas mãos.

A criada fez uma reverência formal diante de mim dizendo:

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.