Fantasia
17
1

Capítulo

Publicidade

Um “tranquilo” chá noturno

Soltei a fatia do bolo mordido sobre o prato e, meio gaguejando, fui explicando quando encontrei a varinha no chão, das provocações do Marcus e do Diego e de acidentalmente ter usado a varinha nos dois.

Durante todo o meu relato as três me olhavam com gravidade. Mesmo Flor-de-lis me encarava como se eu fosse finalmente digna de toda a sua atenção.

– Vocês vão me punir ou algo assim?– perguntei depois de finalizar a história.

– Deveríamos...– começou Flor-de-lis ao mesmo tempo em que Minerva dizia:

– Não. Claro que não.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.