Fantasia
15
1

Capítulo

Publicidade

Gulnara

Se Talula soubesse falar, certeza absoluta me agradeceria por ter tido a ideia de contratarmos Lean. Nos deparamos com mais dois zemzem’s e um javali selvagem pelo caminho. Lean não teve dificuldades em matar os dois zemzem’s a flechadas.

O problema foi o javali: a magia da Talula desastrosamente aumentou em dobro o tamanho do bicho assim também aumentando em dobro nosso problema para nos livrarmos dele.

No final a própria Talula resolveu o problema, pois disparou da varinha (claramente foi um acidente) inúmeros raios, que lembravam fogos de artifícios em escala menor, e nocauteou o javali. Fugimos dali o mais rápido possível antes do javali recobrar a consciência (É, fadinhas, ainda bem que vocês me contrataram, dissera Lean, o modesto).

Eu não reclamava para pararem ou diminuírem o ritmo da caminhada porque estava morrendo de vontade de sair daquela área estranha e perigosa. Além dos meus pés estarem doendo cada vez mais, minha barriga parecia estar grudada na costela de tão vazia que eu a sentia.

A paisagem foi mudando gradualmente à medida que saíamos do território dos bruxos. Começou aparecer fileiras e mais fileiras de flores em cores variadas por um caminho de mato verde e árvores vistosas e tratadas. As três luas cheias, porém, continuavam acima de nós nas suas cores amarela, vermelha e azul.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.