Capítulo

Publicidade

046

ambulan

A ambulância seguia para a central após uma manutenção no retrovisor. Sentada ao lado de Moma, Samara tinha alguns pensamentos preocupantes quanto ao seu futuro:

“Se eu for denunciada, acabou a minha carreira.”

Não diferentemente, o motorista também raciocinava:

“Se alguém morrer nas mãos dessa noiada, é certo que vai respingar em mim. Aí acabou trabalho, acabou casamento. E estava tudo indo tão tranquilo.” — Lamentou.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.