Capítulo

Publicidade

O PASSARINHO FEIO

Tinha saído para recolher gravetos para reforçar o ninho. Seria um voo rápido, pois seus três ovos não podiam ficar desprotegidos.

Porém esses segundos que ficou fora, foram suficientes para que um cuco-fêmea derrubasse um dos ovos e colocasse o dela, para que a rouxinol chocasse.

A rouxinol retornou, contou os ovinhos e não percebeu o estranho ovo entre os seus, sentando no ninho e aquecendo os ovinhos por igual.

Alguns dias depois, enquanto a rouxinol saía do ninho para se alimentar, o ovo do cuco choca. O horrendo filhote, assim que nasce, começa a empurrar os ovinhos restantes para fora do ninho, até eles caírem e quebrarem, expondo no chão, uma massa de filhotinhos prematuros.

A rouxinol retorna e, ao ver os ovos no chão, seus filhotes mortos e o horrendo filhote de cuco no ninho, enfurece-se e começa a bicar a cabeça daquele pequeno filhote. Em alguns poucos minutos, o bico da rouxinol e as penas de seu peito, estavam empapados em sangue, restando dentro do ninho, um filhote de cuco morto, com um pequeno buraco em sua cabeça.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.