Capítulo

Publicidade

025

15829cd6868ed8b5898589804089_1

Estava cansada.

“Fora de ritmo.”

Não tinha certeza, agora que entrava no terceiro dia. Mesmo assim o seu contentamento era visível. Lavava, limpava, secava, organizava. Diana já fazia de tudo um pouco como contratada da lanchonete.

O estabelecimento era frequentado por um público mais idoso, talvez por causa da especialidade culinária: caldos e sopas. Ou talvez por causa de dona Clarice, a proprietária. Mulher de certa candura, mas firme em suas ordens. Descendente de escoceses que, numa visita ao novo continente, se entusiasmaram com o lugar e decidiram ficar. Ela aprendeu as receitas com a mãe, mas foi a avó que lhe passou os “truques”. Talvez esse sim, fosse o motivo de terem três unidades e estarem planejando a ampliação da rede de restaurantes Dona Vó.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.