Capítulo

Publicidade

Fotos


Capítulo 39

Ele não me impediu novamente. Acredito que estava muito perplexo com minha revelação para tomar uma atitude, o que foi bastante engraçado apesar do momento tenso que passava.

Eu precisava parar aquele ataque e chegar ao líder da ofensiva que era, claramente, a criatura que eu procurava. Só esperava que ela estivesse ali mesmo e não que tivesse apenas mandado seus asseclas. Dobrei levemente meus joelhos e me impulsionei para cima, não pensei muito além de não ajudar a destruir por completo toda a Sídhe.

Voei até o grande campado, onde se concentrava toda a luta. Avistei Aryana à beira do lago leste literalmente retirando a água do lago e afogando seus inimigos, Deus do céu, aquilo é um kelpe? É, é sim, pulou para fora do lago, mas antes que atacasse Aryana pelas costas, uma dríade pulou sobre ele e os dois caíram de volta no lago lutando.

Do outro lado, Henry e outras fadas ora enterravam aquelas monstruosidades. Erguiam paredes de rocha sólida e as ninfas os prendiam com suas raízes e galhos que se estendiam de seus membros e se fixavam na rocha. Banshees gritavam seu lamento horrível e dearg-dues se aproveitavam para atacar os alvos daquelas gritadeiras malditas.

Percebi que elas se organizaram de acordo com o elemento de domínio, era uma boa tática, mas não seria eficiente por muito tempo.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.