Capítulo

Publicidade

OS SANTOS DA TERRA

Cada época com seus santos, dizem os sábios. E isso não é uma mentira, pois se avaliarmos pelo contexto histórico dos fatos, antigamente os santos eram pouco calejados ou seja, oravam muito (o que infelizmente acabou virando alienação hoje em dia) mas viviam confinados em mosteiros, sendo poucos os que demonstravam interesse pela labuta. Estes são considerados os santos celestes.

Hoje, os santos não são apenas aqueles que oram, mas também aqueles que possuem os corpos calejados pela sociedade. Isso começou com São Francisco de Assis, que na virada do milênio, foi considerado o homem do século (não conhece São Francisco? Pesquise).

Existem muitas pessoas de diferentes denominações religiosas que abrem a boca, estufam o peito e se auto-proclamam santos. É triste o que vou lhes dizer, mas ninguém é santo. Ninguém na face desta Terra está livre do pecado, muito menos da tentação. A conversão e a santidade não são repentinas e sim atitudes diárias e lentas que devemos tomar a cada dia. Porém desse modo lento, fica mais difícil de qualquer cristão praticante da sua fé, firmar cada vez mais o pé na sua caminhada. E desconfie ainda mais de pessoas que abrem a boca para falar: “eu faço isso, eu sou assim, eu faço aquilo, o grupo sem mim não anda, a pastoral sem mim não funciona, etc.”. Prefira fazer sua parte, que seguir esses exemplos de falsas santidades, mesmo se achando mais errado que os outros.

Quer dizer, se achando não: nós que nos escolhemos servir a Cristo somos mais errados que os outros. E porque somos? Porque muitas vezes conhecemos o certo, sabemos fazer o certo e não o fazemos. Mas pelo fato de fazermos o errado, somos constantemente chamados a começar do zero, várias e várias vezes ao longo da vida. Escrevo essas palavras, porque assim como vários leigos engajados e de compromisso assumido com sua fé, sou um pecador que está buscando junto a Jesus e minha fé, mudar para melhor. É aí que entra a conversão diária, a luta do dia-a-dia e a nossa parte na nuvem de santos que revelam a face de Cristo.

E quem são os santos de hoje? São pessoas que mesmo com tudo lhes tirado por essa sociedade consumista e extremamente destruidora como o amor, a família, os salários dignos e o respeito, permanecem com sua dignidade intacta, conservam suas almas longe da corrupção e continuam dia após dia lutando para livrarem suas almas, não só da corruptibilidade, mas também do pecado, que persegue até hoje a todos nós com exceção de um homem de cabelo crespo e pele escura, chamado Jesus. Homem esse que É santo até hoje, livre da palavra pecado, pois o conheceu nas pessoas ao seu redor e até nos apóstolos. Mas por Sua natureza divina, nunca foi afetado por ele.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.