Capítulo

Publicidade

Fotos


Capítulo 31

- Lana! Lana! Lana! – minha mãe tentava me segurar enquanto eu me debatia.

No fundo da minha consciência eu sabia que aquilo tudo não havia sido real, mas meu corpo não obedecia. Minha pele formigava e eu só queria escapar daquele agarre, eu só conseguia gritar para que ela me soltasse.

Então, aos poucos fui retomando a consciência e me acalmando. Percebi que os braços que me envolviam não eram mais os da minha mãe, meu pai estava ali comigo, cantando uma canção de ninar, a mesma que ele cantava para mim quando eu era um bebê.

Me sentei na cama e olhei ao redor, meu quarto estava um caos. O ar condicionado estava quebrado, a lâmpada havia estourado, as portas do meu guarda-roupa estavam no chão e todos os meus artigos de decoração estavam destruídos. Meus livros e minhas roupas espalhadas por todo canto. Era como se um furacão tivesse passado pelo meu quarto.

- Ai, meu Deus! O que aconteceu aqui? – perguntei.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.