Capítulo

Publicidade

Fotos


Capítulo 11

Não, ele não tem nenhuma ligação com o sobrenatural, nem mesmo é descendente de alguma criatura mágica. O Pedro era um garoto normal e cem por cento humano, ele havia retornado de um intercâmbio na Escócia, eu não o conhecia porque ele estudava à tarde e resolveu mudar de turno quando retornou.

Aquele garoto moreno de cabelos encaracolados e olhos escuros chegou no início de novembro na escola para o delírio das meninas e minha consternação, pelo menos a priori. Era impossível não notar o modo como ele me olhava fixo, como se estivesse me vendo por dentro, me deixava desconcertada e irritada, ao mesmo tempo, minha vontade era perguntar qual era o problema dele comigo, mas sempre fui muito tapada com pessoas desconhecidas – mesmo aquelas que me encaravam feito psicopatas – e ele sempre se mantinha distante.

Até a Feira de Ciências e Biologia, que envolvia toda a escola e, Pedro e eu fomos obrigados a trabalhar juntos.

Cada turma tinha um tema específico para abordar em uma exposição que seria aberta para visitação pública, as turmas foram divididas em equipes e cada equipe era responsável por uma parte da organização da feira. Na minha equipe estavam a Jamile, a Jéssica, a Ana Júlia e o Pedro. Eu não era precisamente amiga das meninas (aliás, eu não era amiga de ninguém na escola... cara, que coisa triste!), mas nos dávamos bem e já tínhamos feito trabalhos juntas em outras ocasiões. Já o Pedro... nem preciso comentar a reação dele, ou melhor, preciso sim.

Vejam bem, os componentes das equipes foram escolhidos por sorteio. Ideia de jerico da professora de biologia, mas ninguém questionou, então eu não seria a primeira. Meu nome foi o último a ser adicionado à minha equipe, o Pedro foi o primeiro e, até o momento que meu nome foi lido naquele papelzinho maldito, ele estava tranquilo. Assim que fui anunciada como sua colega de grupo, vi a mudança em sua postura.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.