Capítulo

Publicidade

Fotos


Capítulo 7

Eu sempre aguardava ansiosa pelas férias porque veria as minhas amigas. Em dezembro, a Sarah veio ficar na minha casa e Vida chegou para o Réveillon. Comemoramos o final do ano juntas na fazenda do avô da Vida, a propriedade ficava do sul da Bahia em uma cidadezinha chamada Tancredo Neves (se esse nome pertencia a uma pessoa, eu tenho pena pelo tanto de bullying que ele deve ter sofrido na infância), era daquelas cidades que ainda estavam andando a passos de bebê no quesito progresso, mas tinha uma paisagem rural muito linda e inspiradora.

A fazenda em si era um charme, a casa grande de arquitetura moderna com grandes painéis de vidro e boa parte da estrutura de madeira envernizada. Possuía dois andares com varandas de madeira ao redor de toda a construção, as paredes pintadas de um branco gelo contrastavam lindamente com o marrom escuro das colunas e chão de madeira. A decoração rústica dava um toque charmoso ao interior, desde o revestimento de tijolos aos móveis de madeira e bambu.

Fiquei encantada com tudo.

Fora da casa, havia muito verde, o que, obviamente fez meu coração quicar de tão feliz, desde a grama bem aparada ao redor da casa até as árvores frutíferas que cercavam toda a propriedade. Ao fundo, para meu total estarrecimento, havia uma cachoeira.

Aí você deve imaginar a loucura que foi quando chegaram na fazenda um bando de adolescentes, eu, Sarah, Vida, Angel e os meninos, Matheus, irmão da Vida; Joshua, irmão da Angel e Benjamin, primo deles. Coisa mais óbvia da vida, não precisa perguntar se rolou um clima entre as irlandesas e os garotos americanos, claro que sim, pelo menos uma das duas irlandesas iriam se dar bem, já que minha experiência com beijos havia me traumatizado, além do mais não havia ninguém para mim ali. Matheus tinha 12 anos (o garoto só pensava em videogame, não sei como ele ainda não tinha ficado vesgo de tanto que passava tempo na frente de uma tela, seja de um Xbox ou de um computador). Notei que havia algo entre Vida e Benjamin (mesmo que eles dois estivessem brigado porque ele deu um jeito de estragar algum esquema beijoqueiro dela, e nem mesmo soubessem que o f

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.