Capítulo

Publicidade

ROCK’N’ROLL

Jenny vivia em pé-de-guerra com as suas duas mães: elas não entendem que a jovem só queria ser livre e escolher o próprio futuro. Mas por serem ricas, se achavam no direito de serem donas do futuro daquela adolescente de personalidade forte.

E foi nesse clima que ela passou da adolescência para a juventude. Chegou até a estudar na faculdade que suas mães a tinham matriculado, vindo a mesma a desistir ainda nos primeiros meses de curso, pois havia encontrado sua “verdadeira vocação”.

Um dia, Jenny passava por uma loja de discos, especializada em vinil, quando ouviu uma música antiga. Aquele rock a hipnotizou de um jeito, que ela entrou na loja, comprou um CD gravado só com aquela música e a escutou por três dias seguidos, até que no quarto dia, o horror: suas duas mães foram mortas por Jenny na cama delas, com várias facadas.

Após isso, a jovem abriu o peito das duas, arrancando seus corações e, depois de comê-los ainda palpitando, com o sangue das mesmas, Jenny escreveu na parede, o refrão da música que ouvira durante os três dias em que esteve trancada dentro de casa: “mate sua mãe, ame Belzebu e tudo o que é ruim”.

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.