Capítulo

Publicidade

O PRÍNCIPE DAS MOSCAS

Stewart tinha tudo o que o dinheiro podia lhe arrumar. Mas nunca estava satisfeito com sua riqueza e sua vida era a de colocar defeito na riqueza dos outros, chamando todos os ricos que conhecia, mas não ostentavam de acordo com suas fortunas, de sovinas. Isso porque podiam ostentar luxos bem mais caros, que suas riquezas podiam custear e não faziam.

Um dia, numa reunião de amigos da alta sociedade, o jovem empresário, dono de uma das mais conceituadas lojas de grifes do país, soube que entre os milionários existia um homem capaz de triplicar qualquer herança ou fortuna, mediante um acordo de sociedade.

Stewart, que desejava ostentar bem mais do que suas posses lhe permitiam, correu atrás desse homem e, ao encontra-lo, o mesmo logo fez um trato de sociedade, mediante um sacrifício de sangue. Esse sacrifício consistia em matar quem o jovem mais amava.

Como Stewart era bastante egocêntrico e narcisista, achava que teria de se matar para realizar o trato e não matar alguém. E com esse orgulho bastante ferido, não cumpriu o trato, muito menos ofereceu o sacrifício de sangue.

Um dia, achando que se tratava de um sonho, o jovem empresário acordou com o corpo sendo picado por milhares de aranhas, cuja carne começou a apodrecer rapidamente. Na mesma velocidade em que seu corpo fedia e se desmanchava, surgiram larvas de moscas que começaram a devorar sua carne apodrecida, com Stewart ainda vivo.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.