Capítulo

Publicidade

Capítulo 54

Enquanto estivesse viva, iria lembrar da sensação de ter tufos de pelos e sangue nas mãos. Porém, naquele momento, continuei a me agarrar a uma cabeça sem vida como se isso fosse trazê-lo de volta. Mesmo sabendo que não iria.

- Fiquei impressionado com o plano de vocês. – Theo começou a dizer depois de vários minutos em silêncio. – É claro que me adiantei em atrapalhar, mas mesmo assim fiquei impressionado.– Ele não parecia impressionado, e me sentia cada vez mais burra por ter concordado com  o plano do Bruno, se tivesse tentado colocar juízo na sua cabeça, quem sabe agora ele estaria aqui, só que vivo. - Quer que eu te de os parabéns?

- Dispenso. – Passei a mão no rosto, me certificando que nenhuma lágrima desceria.

- Chegamos! – disse animado, estacionando o carro na frente de um prédio que parecia estar abandonado. A porta do meu lado se abriu, graças a um filho de licáon transformado, de quase dois metros. Ele mostrou suas presas, mas mantive minha expressão vazia e entediada, sem demonstrar nada.

- Ela é corajosa. – O maldito se aproximou e o cheiro do seu hálito revirou meu estômago.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.