Capítulo

Publicidade

MOLHO BRANCO

Amavam-se bastante, muito antes de saírem do armário. Passaram meses namorando escondido quando, mesmo com as famílias sendo contra, resolveram morar juntas. A vida delas era um mar de rosas, a cada dia que passavam juntas. “O sexo é maravilhoso”, diziam ambas, quando falavam uma da outra para os amigos e familiares, ao serem perguntados como andava a vida do casal.

Sem contar na distinção que havia entre elas, pois todos viam muito bem que era a passiva e quem era a ativa, pelo modo de se vestir e também pelo comportamento de cada uma, principalmente a ativa, que era uma transexual ruiva de trinta e três anos, bem bonita. Só que eles não sabiam era que entre quatro paredes, a ativa também era versátil. Mas independentes disso, ambas eram extremamente discretas.

Um dia, a passiva chegou do trabalho mais cedo, dizendo que tinha vindo apenas tomar um banho e trocar de roupa, pois iria voltar para a empresa às 21hs00min, para participar de uma importante reunião à portas fechadas.

E enquanto banhava-se, a ativa ou a “marida” foi colocar as roupas da companheira na máquina de lavar. Quando as virou do avesso, um bilhete perfumado caiu do bolso da calça da esposa. Curiosa, ela abre o bilhete e lê o seguinte recado: “Amor, não demore muito, pois estou fazendo o pato ao molho branco que você tanto gosta. Assinado: Bruna, sua bonequinha ruiva. P.S.: é verdade que sua esposa mantém um homem amarrado no porão? Como descobriu? Quero saber tudo! ”.

Tomada de ciúmes e também de medo, pelo fato de ter sido descoberta, amassou o bilhete com força e ficou pensando mil coisas, pois sabia que sua companheira odiava pato ao molho branco, por ser um prato pesado e sempre passar mal ao comer, pois sua busca por se manter em forma era constante.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.