Capítulo

Publicidade

COLÍRIO PARA OS OLHOS

Loren, uma ruiva transexual de cabelos curtos e sorriso convidativo, típico dos moradores de Memphis, Arkansas, gostava muito de um rapaz da faculdade em que estudava e uma amiga de muitos anos, que morava na mesma rua que ela, também sabia.

Um dia, as duas foram em uma festa e sua suposta amiga ficou e até mesmo transou com o rapaz no banheiro, mesmo com ela na festa. E Loren, esperançosa para que o jovem a notasse passou a noite toda procurando por ele e nada de encontrá-lo.

Depois da festa, após olhar comentários do rapaz que ela era afim, no Instagram dessa amiga, a mesma descobriu que durante a festa toda eles tinham ficado e até ido mais além, mas não disse nada.

Quando chegaram à casa de Loren, ela aproveitou que a amiga pediu para usar o banheiro de sua casa e colocou arsênico no delineador dela. Quando a mesma saiu, do mesmo, perguntou a Loren se tinha algum animal nas paredes da casa, ou alguém amarrado e amordaçado, pois ouviu gemidos estranhos saindo da entrada de ventilação.

Ao se maquiar, porém a amiga de Loren começou a sentir uma forte ardência nos olhos, gritando alto, enquanto o arsênico entrava em sua corrente sanguínea e ela morria lentamente no sofá da casa de Loren, sendo sufocada pela ruiva, com uma almofada. Afinal, arsênico nos olhos dos outros é refresco, não é mesmo?

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.