Capítulo

Publicidade

O TERROR ESPACIAL

Eckan tinha partido em uma missão espacial para conhecer o planeta Terra. O ser de pele cinzenta e de alta estatura passou anos estudando o estranho planeta azul, para então entrar em sua espaçonave e partir em sua importante missão de recolher espécimes humanos do sexo feminino a fim de utilizar seus úteros, para criar mais e mais híbridos, a fim de evitar a extinção de sua espécie.

Ao chegar ao planeta azul, uma interferência em sua rota fez Eckan vir pairar aqui no Brasil, mais precisamente na Praia do Canto, em Vitória no Espírito Santo. Porém, quando atingiu o espaço aéreo nacional, a nave de Eckan foi perseguida por estranhas e barulhentas aeronaves dos habitantes do planeta azul.

As espaçonaves dos habitantes do planeta azul eram rústicas, porém com um forte poder de fogo. Isso porque Eckan fora alvejado e sua nave explodiu, vindo a espalhar vários estilhaços por toda a extensão da Praia do Canto. Mas antes da explosão, Eckan conseguiu ejetar-se e tocar chegar no chão.

Fraco e debilitado, o alienígena se arrastou pela areia da praia, passando por um cachorro e um gato, ambos de pelos escuros, que olhavam para ele fixamente e transmitiam através de sua mente, frases de apresentação, dizendo que “o cachorrinho se chamava Alu, o gato se chamava Bael e estavam ali apenas para recolher almas”.

Mas antes que pudesse reunir forças para pedir ajuda mentalmente para aqueles dois animais, Eckan fora capturado por terráqueos que trajavam uma estranha roupa alienígena esverdeada. Eles o levaram e o torturaram de várias maneiras, batendo nele principalmente, com bastões de madeira, falando em uma língua totalmente estranha e irreconhecível.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.