Capítulo

Publicidade

A FADA DOS DENTES

Moradora do Marco desde que nasceu, a pequena Nina estava com os dentes moles, mas tinha medo de arrancá-los. Tanto que se seus pais falassem em dentista, ela logo dava um jeito de sumir e se esconder. Mas para que os novos dentes pudessem nascer, seus pais começaram a encorajá-la, dizendo que a fada dos dentes presenteava com moedas, todos os dentes de leite que caíssem.

A garota ficou bastante contente com a novidade, esperou que eles caíssem e nada: nenhum dente se soltava, por mais mole que estivesse. Mas sem perder as esperanças, todos os dias, Nina olhava os dentes no espelho, mas eles continuavam lá, moles e firmes.

Um dia, durante um passeio pelo Jardim Botânico Bosque Rodrigues Alves, Nina se perdeu do grupo de alunos e entrou por uma trilha, achando ser o caminho certo para chegar até o ônibus escolar. Ela parou quando viu um cachorrinho e um gato de pelos negros, identificados por coleiras no pescoço, chamados Alu e Bael. Nina fez carinho na cabeça deles e seguiu andando.

Ao chegar numa pequena clareira, ela avistou um estranho ser alado, com quatro pernas, dois pequenos braços e a cabeça sem olhos, mas com uma boca cheia de dentes perfeitos.

Admirada com o ser que estava vendo, Nina logo deduziu que se tratava da fada dos dentes. Ela então correu na direção do pequeno ser e, ao invés de ser bem recebida, tal como nas histórias infantis que assistia em sua TV, o ser a atacou, devorando primeiro os dentes dela, depois devorando-a por completo enquanto a mesma gritava de dor por causa das mordidas.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.