Capítulo

Publicidade

O MEDO DO ESCURO

Sim, Jonas era feliz, tinha uma vida invejável no bairro Cidade Nova, mais precisamente na Avenida Solange Nunes do Nascimento onde morava, perto do campo de futebol. Mas o jovem tinha um bloqueio que o impedia de ir mais além: ele tinha pânico de ficar no escuro. Esse medo incontrolável já o vinha acompanhando desde a infância e, quanto mais crescia, o medo só aumentava.

Hoje em dia, todas as vezes que as luzes dentro de sua casa se apagavam, o mesmo dizia que monstros em formato de gato e de cachorro, com olhos vermelhos brilhantes, surgiam ao redor dele. E esse medo era tão perturbador, que fazia com que o mesmo gritasse como uma criança assustada, mesmo Jonas tendo quase trinta anos de idade.

Um dia, Jonas adormeceu profundamente, depois de ingerir dois comprimidos de Diazepam de uma só vez. Ele adormeceu com a luz de seu quarto aceso e sua mãe, assim que escutou os roncos do filho, veio e apagou, deixando Jonas na total escuridão.

Nessa mesma madrugada, quando tudo estava em completo silêncio, estranhas criaturas sombrias apareceram dentro do quarto de Jonas. Essas criaturas, que mais se assemelhavam a pessoas, só que com grandes cabeças de olhos oblíquos, avermelhados e brilhantes. Eles, com a ajuda de estranhos aparelhos, começaram a extirpar os olhos e a língua do jovem, além de lhe amputarem as pernas e os braços.

Após a retirada de partes do corpo entorpecido de Jonas, as estranhas criaturas devoraram as carnes e os ossos, num apetite voraz, como se já viesse fazendo aquilo há certo tempo. E quando elas terminaram seu banquete macabro, as mesmas sumiram, na mesma velocidade com que apareceram.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.