Capítulo

Publicidade

Prólogo

 

Aquele era um perfume suave, doce. Um aroma inebriante que fez suas narinas dilatarem. Antevendo o sabor da presa, ele salivou. Nada se comparava a uma boa caçada!
Em todos aqueles anos, ele não poderia dizer se lembrava dos rostos de todos que caçara para aliviar seus instintos naturais, mas o sabor deles era uma recordação bem nítida. E essa presa em especial possuía um sabor delicioso,era jovem, quase adolescente,um menino de cabelos dourados, com feições delicadas para um homem. Usando jeans e um moletom com o emblema de Yale, ele se  parecia ainda mais com ela, isso aumentou sua excitação...
Sem pressa ele o encurralou,o  levando à fazer exatamente oque queria. E no final, foi como sempre, o medo impregnando tudo, os olhos chorosos, as tentativas pálidas de fuga, as súplicas,e por fim a

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.