LGBT
23
1

Capítulo

Publicidade

Capítulo 2.

O garoto de olhos azuis estava viajando mentalmente, não percebeu quando a polícia chegou, não percebeu que estava sendo levado ao hospital, não percebeu que alguém segurava a sua mão com força, enquanto sussurrava palavras calmas e doces em uma oração curta e espontânea...

... Ele estava perdido em seu mundo, estava parado ali na cama, não sentia dor, mas se sentia perdido dentro de si. Como uma pessoa poderia se perder dentro de si mesma? 

No hospital lhe deram banho, lhe colocaram uma roupa limpa, tentaram fazê-lo falar quem havia feito aquilo com ele, mas ele não estava em si naquele preciso momento. Ele não conseguia falar, a ameaça ainda soava em sua mente e ele estava com medo demais para sequer falar uma palavra. Mais tarde os médicos e seus pais tentariam fazê-lo falar, mas ele permaneceria quieto em seu mundinho.

O garoto passou dias sem se mover e falar, sabiam que ele estava vivo por causa do peito subindo e descendo devagar e calmo, fora isso ele parecia estar meio morto.

Os pais do garoto ficaram sabendo do que tinha lhe acontecido, foram conversar com o garoto no hospital. Mas não conseguiram arrancar nenhuma palavra sequer do jovem.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.