Capítulo

Publicidade

DEIXANDO O NINHO

Desde que seu único filho se casou e para não sofrer tanto com a solidão, Felícia Spencer, uma chef de cozinha bastante conhecida em Hell’s Kitchen, passou a dividir o aluguel do apartamento com a jovem Clarice. Nessa época, a jovem tinha 21 anos, estudava Design de Moda e trabalhava numa boutique em Nova York. Felícia, que já estava divorciada há mais de oito anos, e só alguns flertes haviam acontecido, vivia apenas para o trabalho e o tempo que tinha livre, ficava conversando com Clarice, que era mais baladeira, mas quando resolvia ficar dentro do apartamento, parecia que ia enraizar dentro dele.

A convivência entre senhoria e inquilina era das mais pacíficas, até que começou uma suspeita, vida da parte de Felícia. Ela estranhava que Clarice, alta, loira, corpo sarado e de uma beleza encantadora, nunca trouxera nenhum namorado para o apartamento, ou conversou com Felícia sobre relacionamentos. “Seria ela lésbica?”, Felícia pensava. Desse dia em diante, mesmo sabendo que era errado e ela poderia ser processada, ela passou a fuçar as coisas de sua inquilina. Felícia passou dias e mais dias procurando evidências, mas nada de errado conseguiu encontrar. Restou por último, o notebook de Clarice.

Uma vez Clarice tinha ajudado Felícia a recuperar a senha do e-mail dela, que ela havia esquecido. Ela usou o mesmo truque para descobrir a senha do e-mail de Clarice, mesmo sabendo que é errado, mas foi ver as correspondências da inquilina e conseguiu. Na caixa de entrada havia muitos e-mails. Porém Felícia quase caiu de costas ao ler o primeiro. A remetente dizia que transava com uma mulher madura de uns quarenta anos. E pior era que a remetente incentivava Clarice a fazer o mesmo.

Outras falavam sobre desejos por mulheres maduras, de forma vulgar, como se aquilo fosse banal. Abalada com o que estava lendo, Felícia foi à caixa de e-mails enviados e o que descobriu foi muito mais estarrecedor. Neles, Clarice descrevia sua senhoria de maneira minuciosa, dizia do seu tesão por ela e até fantasiava relações sexuais.

Antes ela não soubesse daquela descoberta chocante. A jovem que Felícia abrigou dentro de seu apartamento a queria como mulher. E ela nunca tinha percebido nada. Nem passou pela sua cabeça um desatino desses. Mas Felícia não era de se jogar fora. O jeito jovial dela disfarçava os seus 44 anos. Até o momento ela não tinha arranjado homem porque não quis mesmo. Propostas não faltaram e não faltam, no restaurante onde ela trabalha. Mas com tantas garotas jovens por aí, Clarice foi se interessar logo nela, a sua senhoria?

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.