Capítulo

Publicidade

O FORA-DA-LEI.

Duas semanas se passaram e nada de Berenice encontrar o cara certo para se transformar em amante de sua mãe. Sua busca já estava bastante filtrada dentro do curso que fazia na Universidade. Pensou até em contratar um garoto de programa para seduzir a mãe, mas sairia muito caro e dinheiro era o que ela menos tinha naquele momento.

Seu namorado passou esse tempo todo ligando para ela, mas sua gana nessa procura estava tanta, que sempre que ele ligava, dava-lhe a desculpa de que estava estudando para provas ou seminários, para não perder o foco de seu objetivo. Ela já estava até pensando em desistir desse plano, quando do nada, uma colega de curso que ela não tinha muita intimidade, chamada Morella, cochicha perto dela:
- Escondam suas rainhas dentro do guarda-roupa, pois lá vem o ladrão de coroas!

Aquela frase soou para ela como uma luz no fim do túnel. Ela então parou toda a sua vida por alguns segundos para analisar o rapaz de quase trinta anos que passava pelo corredor. Ele tinha um olhar imponente e um ar de cafajeste, mas sem perder a inocência. Seu passo lento, como quem não quer nada e não tem pressa para chegar a algum lugar, revelava uma pessoa que apesar da juventude, tinha bastante experiência naquilo que fazia.
- Morella, sua doida! Essa festa vai rolar ou não vai?
- E eu lá sou mulher de prometer as coisas e não cumprir, Paul? A festa já está toda organizada, só esperando chegar o dia para acontecer. Você vai, não vai?
- Claro que vou. Pode me esperar.

O jovem rapaz continuou seu passo lento, se afastando da colega de Berenice e dela, cumprimentando as pessoas por onde passava. Foi aí que Berenice, extasiada com Paul, volta-se para a colega que ela quase nunca fala dentro do curso e pergunta:
- Quem é esse cara, Morella? E porque você disse isso? Porque o chamou de ladrão de coroas?
- Ele? É Paul, um aluno do curso de Psicologia que precisa ser estudado, pois a turma o apelidou de “ladrão de coroas”, porque correm boatos de que ele só se relaciona com mulheres bem mais velhas que ele e até já pegou mães de ex-namoradas. Dizem as más línguas que ele já transou com mulheres casadas, esposas de gente influente na cidade. Mas eu não acredito, porque já o vi ficando com meninas da idade dele e até mesmo do curso que ele faz.

Berenice ouvia tudo aquilo como uma criança que está ouvindo o seu melhor conto de fadas. E apesar de sua vida se parecer muito com contos policiais, de suspense e de terror, seus olhos brilhavam com cada palavra saída da boca de sua colega Morella. E a imagem do rapaz não lhe saía da mente, principalmente porque Paul era o cara perfeito para ela colocar seu plano em prática e dar o troco no pai por tantos anos traindo a mãe dela com quem quer que seja.
- Morella, tem como apresentar ele pra mim?
- Paul? Não me vai dizer que ficou interessada nele?
- Sim. Mas apenas na pessoa dele. Essa parte dele se interessar por coroas eu abstraio.
- Vou te apresentar ao Paul, mas é por sua conta e risco. Depois não fique puta de raiva, quando souber que ele está pegando alguma tia sua ou pior: sua mãe.
- Vira essa boca pra lá! Só o achei interess

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.