Capítulo

Publicidade

Capítulo 43

Felizmente não precisei berrar pra chamar a atenção de Apolo, que estava encostado no capo do carro e viu o momento em que saí do parque com a trupa do mundo inferior, bem na nossa cola. Me abaixei no momento em que ele pulou pra frente, se transformando. Desci das costas de Bruno antes dele sequer parar.

- Ajude ele! – Berrei, enquanto corria para o carro. Ignorando os rosnados, ganidos e sons de presas se batendo. Estava preocupada, mas em hipótese alguma poderia olhar pra trás e me desconcentrar do que realmente tinha que fazer. Assim que cheguei no carro abri a porta e rosnei baixinho, quando não encontrei a chave na ignição. Tateei com os dedos, até conseguir encontrar a tampa que escondia os fios e depois de juntar vários, finalmente consegui ligar o motor. Virei pra trás com o coração acelerado, notando que mais filhos de licáon se aproximavam, já Ivo não consegui ver em lugar algum. – Vamos.  - Bruno mordeu o pescoço do maldito mais perto e balançou de um lado para o outro, até que a cabeça se desprendesse com um som úmido. – Anda logo! – Apolo estava cuidando de dois ao mesmo tempo, e antes que eu pudesse gritar com eles d

- Merda. Merda. Merda... – Escancarei as portas do carro e olhei pelo retrovisor, enquanto os dois subiam nos bancos.

- Que droga aconteceu? – Apolo berrou do meu lado, enquanto os pneus cantavam no asfalto. Até selvagens como nós, tínhamos regras. Nenhum humano deveria saber sobre a nossa existência. Clichê? Previsível? Mas não deixava de ser a verdade, que naquele momento salvaria a nossa pele já que os filhos de licáon não sairiam numa perseguição louca no meio de São Paulo só para ir atrás de nós.

Deuses, eu esperava que não.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.