Capítulo

Publicidade

Capítulo 51

Maicon estava encabulado com os sites que falavam sobre a doença de Fausto. Ele examinava um por um e notava que as notícias sobre a tal síndrome do “detetivismo” proliferavam pela Internet muito rapidamente. A cada pesquisa que se fazia no Google, pelo menos dez novos sites espalhados pelo mundo falavam alguma coisa sobre a tal síndrome. Clínicas de psicologia e psiquiátricas colocavam em seus sites notícias novas e depoimentos falando sobre o assunto.

            O hacker sabia que a Internet era rápida, e que as coisas aconteciam num piscar de olhos nesse mundo virtual, mas todo mundo falar sobre um assunto tão específico assim nesse volume de postagens e acessos, era uma coisa que Maicon nunca havia visto.

             - Tem alguma coisa estranha nesse negócio de “detetivismo”. – Pensou o hacker em voz alta.

            A visão que as pessoas normais têm numa rápida navegada pela Internet é muito diferente da visão de um hacker. Eles conseguem ler nas entrelinhas e enxergar detalhes que passam despercebidos da grande maioria das pessoas.

            “Engraçado (pensou o hacker) parece que as postagens novas vão aparecendo toda vez que eu faço uma pesquisa sobre o assunto; é como se eu desse um start e tudo começasse a partir do meu clique...”

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.