Capítulo

Publicidade

Capítulo 15

Quando voltei para o quarto, encontrei Apolo pegando travesseiros e cobertores.

- Onde tu vai?

- Dormir. – Deu de ombros, passando por mim.

- Apolo. – Trinquei os dentes, vendo-o abrir a porta pra sair.

- Boa noite, Maya. - Ele me arrastou pra esse fim de mundo e acha mesmo que vai me deixar sozinha aqui? Não tive pressa pra sair do banho e só depois que estava calma o suficiente pra ter certeza que não ia bater nele, foi que sai do banheiro pra ir procurar o pequeno rebelde.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá , você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.