Capítulo

Publicidade

Capítulo 43

Fausto entrou pela porta da delegacia acompanhado de Teixeira e Alberto. Agora ele era um cidadão livre e apesar de ainda fazer parte de uma investigação, dessa vez ele não entrava ali como criminoso, e sim como vítima de uma armação. Agora os investigadores queriam encontrar o porquê do assassinato de Laura Soares e o porquê dos assassinos terem envolvido Fausto nessa história. Eles sabiam que a doença de Fausto era a ponta do iceberg, mas poderia ter algo a mais. E era em busca desse algo a mais que eles estavam. Num futuro julgamento, não dava apenas para falar que os suspeitos eram culpados e só. Os investigadores sabiam que as provas encontradas eram muito sólidas e contundentes, mas agora eles estavam atrás do motivo do crime. E mais uma declaração de Fausto poderia ser importante para o dia do julgamento no tribunal. 

            - Senhor Fausto – falou Alberto sentando-se à mesa – por acaso você tem ideia do porquê Fábio e Antonio assassinaram Laura Soares?

            - Olha investigador, pra ser sincero, eu não tenho a menor ideia de nada. Não sei se eles tinham algum motivo, não sei se ela fez alguma coisa pra eles. E na verdade, eu nem tenho conhecimento com esses caras. Sei que um é advogado e outro psiquiatra.

            - E com a Laura Soares? O que sabe dela?

            - Nada! Não sabia nada da vida dessa moça.

...

...

...

É preciso estar logado para visualizar o restante do capítulo.

Este conteúdo é protegido pela Lei nº 9.610/98 – a Lei de Direitos Autorais.
Assinar ou apresentar como seu é crime pois viola os direitos de autor.

O acesso a este conteúdo é registrado de acordo com as políticas de uso.

Ir para outro capítulo:

Capítulo comentários

É preciso estar logado para poder comentar. clique aqui para entrar ou fazer o cadastro.

Comentários

Carregar Mais

Livro compartilhar

Olá, você pode compartilhar ou convidar seus amigos, para ler esse livro através do Facebook, Twitter ou Email.